Kofi Annan "horrorizado" com massacre de Houla

O emissário da ONU para a Síria, Kofi Annan, chegou hoje a Damasco e amanhã deverá encontrar-se com Bachar al-Assad, o contestado Presidente sírio

O enviado da ONU e da Liga Árabe disse estar "chocado com os eventos trágicos de há dois dias". À chegada a Damasco, Kofi Annan admitiu que o massacre de Houla, há dias, veio pôr ainda mais em perigo o seu plano de paz e já levou o Conselho de Segurança a condenar o regime de Bashar al-Assad.

Amanhã, Annan deve reunir-se com o Presidente sírio, com representantes da oposição e da sociedade civil.

Esta visita à Síria, a segunda desde que Annan foi nomeado enviado da ONU e Liga Árabe, surge quando o cessar-fogo instaurado a 12 de abril está mais que nunca ser violado.

No domingo, 87 pessoas foram mortas, muitas delas crianças e adolescentes, segundo o Observatório sírio dos direitos humanos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG