Kerry na região curda para discutir crise no Iraque

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, chegou hoje a Arbil, capital da região autónoma curda do norte do Iraque, prosseguindo com as consultas relativamente ao conflito que vive o país.

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos deverá encontrar-se com os líderes da região do Curdistão, incluindo o Presidente, Massud Barzani, a quem deverá instar a trabalhar no sentido de suster a coesão do Iraque.

John Kerry chegou na segunda-feira ao Iraque no âmbito de uma visita surpresa, tendo-se reunido, em Bagdade, com o primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, e com outras figuras do espectro político e religioso do Iraque.

O chefe da diplomacia norte-americana afirmou, em conferência de imprensa na capital iraquiana, que o apoio de Washington "será intenso e sustentado".

Os combatentes 'jihadistas' do grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) lançaram, a 09 de junho passado, uma ofensiva contra várias cidades iraquianas, tendo assumido o controlo de Mossul, a segunda maior cidade do Iraque.

A ofensiva, que é liderada pelo EIIL, mas que inclui outros grupos, estende-se atualmente por vastas zonas de cinco províncias do norte e oeste do Iraque.

O secretário de Estado norte-americano vai sublinhar "o importante papel que os curdos podem desempenhar ajudando o governo central a responder (...) a desafios para o benefício de todos os iraquianos", disse a porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG