Israel aceita prolongar cessar-fogo até ao fim de terça-feira

Israel aceitou prolongar por 24 horas, até às 24:00 de terça-feira (21:00 TMG), o cessar-fogo em vigor na Faixa de Gaza, anunciou um responsável israelita que pediu o anonimato.

"O cessar-fogo é prolongado por 24 horas, a pedido do Egito, para permitir a continuação das negociações", acrescentou o mesmo responsável.

Emissários palestinianos no Cairo anunciaram hoje à tarde que israelitas e palestinianos chegaram a acordo quase no final para prolongar o cessar-fogo.

Os israelitas e os palestinianos do Hamas que controlam Gaza têm feito exigências aparentemente inconciliáveis, com os primeiros a exigirem a desmilitarização do enclave e os segundos a reclamarem o levantamento do bloqueio israelita.

O cessar-fogo tem sido observado desde 11 de agosto, após hostilidades que num mês causaram mais de 2.000 mortos palestinianos e mais de 60 israelitas.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.