Irão diz ter abatido dois drones de fabrico americano

O exército iraniano anunciou ter abatido hoje dois aviões não-tripulados de observação RQ-11, de fabrico norte-americano, declarou o almirante Amir Rastegari à televisão estatal e à agência noticiosa Fars.

"O exército iraniano abateu dois drones do tipo RQ-11, o primeiro durante o mês de Shahrivar [entre 23 de agosto e 22 de setembro de 2011] e o segundo durante o mês de Aban [entre 22 outubro e 20 novembro 2012]", declarou o almirante Rastegari.

"Estes drones estão na posse de equipas do centro de pesquisa e muitas das suas informações foram recuperadas", acrescentou.

O RQ-11, um avião não-tripulado de combate ligeiro construído pela empresa AeroVironment, é utilizado pelo exército dos Estados Unidos e por alguns dos seus aliados.

O avião é lançado à mão e de seguida impulsionado por um motor elétrico. Pode atingir uma velocidade de 95 quilómetros por hora durante 80 minutos, num raio de ação de dez quilómetros.

O militar iraniano não precisou em que região foram abatidos os dois drones.

No início de dezembro o Irão afirmou ter intercetado no seu espaço aéreo, e recuperado, um drone de observação norte-americano "ScanEagle", uma informação desmentida pelo comando regional da marinha dos Estados Unidos.

Na ocasião, a televisão iraniana difundiu imagens detalhadas do aparelho.

Em 4 de dezembro de 2011 Teerão anunciou ter forçado a aterragem no deserto de um RQ-170 Sentinel, um drone de observação com um amplo raio de ação e de grande altitude.

Após este incidente, o Presidente Barack Obama pediu a Teerão que o aparelho fosse devolvido aos Estados Unidos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG