Juiz decide hoje sobre a libertação de Mubarak

O advogado do ex-ditador egípcio, que se encontra detido por um caso de corrupção, vai pedir a liberdade condicional de Hosni Mubarak. Noutros três processos, a decisão foi-lhe favorável.

O antigo líder de 85 anos poderá assim aguardar em liberdade o julgamento sobre as acusações de cumplicidade na morte de vários manifestantes durante os protestos que terminaram no seu afastamento do poder, em 2011.

A confirmar-se uma decisão favorável do juiz, Mubarak ficará em liberdade entquanto o primeiro presidente eleito de forma democrática na história do país, Mohamed Morsi, continuará detido num local desconhecido.

Apoiantes de Morsi têm-se manifestado nas últimas semanas e, na última quarta-feira, o exército desalojou pela força os acampamentos islamitas no Cairo. A repressão já resultou em mais de mil mortos.

Exclusivos