Guia iraniano acusa Israel de genocídio em Gaza

Ali Khamenei acusou hoje os líderes de Israel de estarem a cometer "genocídio" em Gaza e apelou ao mundo islâmico para armar os palestinianos que combatem o "regime sionista".

Num discurso que assinala o fim do Ramadão, difundido em direto pela televisão estatal, Ali Khamenei disse que Israel estava a agir como um "cão enraivecido" e um "lobo selvagem", cujas ações devem ser objeto de resistência.

"Um cão enraivecido, um lobo selvagem (...) ataca pessoas inocentes, crianças que perdem a vida inocentemente. O que os dirigentes do regime sionista fazem é um genocídio e uma catástrofe histórica", disse o guia supremo iraniano.

O Irão apoia tradicionalmente os movimentos islâmicos palestinianos contra Israel, país que não reconhece a existência.

Exclusivos