Deputados fugitivos trabalham em hotel de 5 estrelas

O Resort Dar al Salam, em Tobruk, é o novo bastião doo Parlamento da Líbia, protegido por canhões antiaéreos, tropas e barreiras de betão.

A mil quilómetros de distância, em Tripoli, um parlamento rival, não reconhecido internacionalmente e formado por elementos de uma assembleia anterior cujo mandato já terminou, está a tomar decisões, a assumir ministérios e a competir com o Governo para reclamar a governação do país.

Neste momento, três anos depois dos bombardeamentos da NATO que ajudaram a derrubar Muammar Kadhafi, o maior produtor de petróleo do norte de África, está dividido, com dois governos, dois parlamentos, cada um deles apoiado por grupos armados rivais.

Expulsos de Tripoli, os deputados fugiram para Tobruk (perto da fronteira com o Egito), onde começaram, no início de setembro, por se instalar num ferry. Agora, estão no hotel de 5 estrelas, protegidos por barreiras de betão, camiões equipados com canhões antiaéreos e tropas, onde agem como se a situação na Líbia fosse normal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG