Avião sírio intercetado levava material para radar

O avião sírio intercetado pela Turquia quando seguia de Moscovo para Damasco transportava "peças para radar", uma carga "legal", declarou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov.

"O avião transportava uma carga que um fornecedor russo queria entregar de forma legal a um cliente legal", disse Lavrov, citado num comunicado do Kremlin, após uma reunião do Conselho de Segurança russo que analisou a situação na Síria.

Lavrov indicou que o avião forçado a aterrar em Ancara levava "material elétrico para estações de radar, um equipamento que pode ter uso civil ou militar, mas que não é proibido por nenhuma convenção internacional".

"Não havia nem podia haver qualquer arma a bordo", sublinhou.

Lavrov indicou que o fornecedor vai "reclamar a restituição da carga que é propriedade sua".

O jornal russo Kommersant afirmou que o avião da companhia aérea síria, intercetado na quarta-feira à noite quando sobrevoava a Turquia, transportava elementos de radar de fabrico russo para as baterias antiaéreas sírias.

Segundo o jornal, estes equipamentos não necessitavam nem de autorização especial, nem de controlo aduaneiro e não punham em risco a tripulação ou o aparelho.

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou na quinta-feira que o avião transportava "munições" e material militar com destino ao Ministério da Defesa da Síria.

Erdogan não revelou a origem das informações que levaram as autoridades turcas a intercetar o Airbus A-320, levando-o a aterrar em Ancara. Dezassete dos passageiros que iam a bordo eram russos.

Na sequência deste incidente, o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo anunciou ter pedido a Ancara explicações sobre o ocorrido e acusou a Turquia de "pôr em perigo os passageiros".

A Rússia, aliada da Síria, tem criticado a política de "ingerência" ocidental na Síria e vetou, juntamente com a China, as resoluções apresentadas no Conselho de Segurança da ONU contra o regime de Damasco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG