"Amigos da Síria" reúnem-se em Londres na quinta-feira

O Reino Unido acolhe na quinta-feira uma conferência internacional sobre a Síria para preparar a anunciada conferência de paz de Genebra, informou hoje o chefe da diplomacia britânica William Hague.

A conferência de Londres vai juntar representantes da oposição síria e os ministros dos Negócios Estrangeiros do designado Londres 11, o núcleo central do grupo dos "Amigos da Síria", que inclui os Estados Unidos, França e Arábia Saudita.

Hague explicitou que os países presentes vão "discutir os preparativos para a conferência de Genebra [Genebra 2], o apoio à Coligação Nacional Síria [oposição], e os esforços para garantir uma solução política para o conflito".

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, considerou esta semana ser "urgente" a definição da data para a designada conferência Genebra 2, apesar de reafirmar que a paz é impossível com a permanência no poder do Presidente sírio Bashar al-Assad.

No encontro de Londres também vão estar presentes responsáveis da Coligação Nacional Síria.

O grupo "Londres 11" inclui o Reino Unido, Egito, França, Alemanha, Itália, Jordânia, Qatar, Arábia Saudita, Turquia, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos.

A Rússia -- um dos aliados mais próximos de Damasco e que contribuiu para evitar uma ação militar norte-americana contra o regime de Assad ao impulsionar um acordo para o desmantelamento das armas químicas --, não participa nas conversações de Londres.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG