3 militares líbios assassinados em Benghazi em 48 horas

Três militares líbios foram assassinados nas últimas 48 horas em Benghazi, no leste do país, disse hoje fonte da segurança à agência Efe.

No domingo à noite, o tenente-coronel Hamed al Ammami foi baleado, acabando por morrer junto à sua casa, no bairro de Al Salem, da capital líbia. A vítima estava junto ao seu carro com outro oficial - Ayad Choukri - que ficou ferido com gravidade.

Horas antes, o ex-coronel da segurança externa Meftah Hamed Nadjam foi assassinado a tiro em circunstâncias idênticas.

No sábado, o capitão da Força Aérea, Mohamed Faradj, foi morto por um grupo de desconhecidos quando se dirigia para uma mesquita perto da sua casa, na mesma cidade.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG