Lubitz insistiu que o piloto saisse do 'cockpit'

Gravação da caixa negra recuperada permite reconstituir pormenores dos últimos minutos do voo fatídico.

O copiloto do voo 4U 9525, Andreas Lubitz, encorajou o piloto do Airbus, Patrick Sondheimer, a ir à casa de banho na altura em que o Airbus A320 se aproximava dos Alpes, onde acabou por se despenhar.

O diálogo gravado na caixa negra já recuperada do avião deixa entender que o co-piloto estaria a fazer por ficar sozinho no cockpit do avião. Um plano que outras pistas levam a crer que já vinha formado.

Escreve hoje o diário britânico The Telegraph que quando o comandante Sondheimer tentou discutir o plano para a aterragem em Dusseldorf, a resposta de Lubitz foi "esperemos" e "logo se vê".

Durante a hora e meia de transcrição da gravação da caixa negra, suja transcrição foi hoje publicada no semanário alemão Bild am Sonntag, ouve-se o co-piloto a insistir com o comandante para que este vá à casa de banho.

Quando este finalmente sai, ouve-se a porta do cockpit a fechar-se. Não se voltaria a abrir, apesar de todos os esforços do piloto, a dada altura em absoluto desespero.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG