Julgamento de bombista da maratona de Boston começa com seleção de juri

A seleção do júri começou a ser feita hoje no julgamento de Djokhar Tsarnaev, acusado do duplo atentado de 2013 na Maratona de Boston, que matou três pessoas e feriu 264 outras.

Tsarnaev compareceu no tribunal federal de Boston, frente a um primeiro grupo de 200 a 250 potenciais jurados, tendo o juiz federal George O'Toole referido de forma breve as acusações.

Com 21 anos, o muçulmano de origem chechena enfrenta a pena de morte se for condenado pelo que foi um dos piores atentados em território norte-americano desde os ataques de 11 de setembro de 2001.

Em conjunto com o seu irmão mais velho Tamerlan, Djokhar Tsarnaev é acusado de ter colocado e detonado as bombas que atingiram a multidão concentrada junto da meta da maratona.

Tamerlan foi morto num confronto com a polícia alguns dias depois do atentado.

No passado dia 18 de dezembro, o jovem compareceu numa audiência preparatória no tribunal federal de Boston.

Djokhar Tsarnaev não aparecia desde que se declarou não culpado a 10 de julho de 2013.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG