Javier Bardem exige na ONU desbloqueio de descolonização

O actor espanhol vai exigir na terça-feira o desbloqueio do processo de descolonização do Saara Ocidental na sede da Organizações das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque.

De acordo com um comunicado divulgado hoje pelos agentes do actor, Bardem exige também que os capacetes azuis presentes na zona ajam de forma mais activa para evitar as violações dos direitos humanos dos sarauis.

Javier Bardem fará o seu pedido no âmbito dos encontros anuais da quarta comissão da ONU, à qual também se dirigirá o cineasta Álvaro Longoria, com quem o actor está há vários anos a rodar o documentário "Hijos de las nubes", onde ambos analisam o conflito do Saara Ocidental.

Com o filme, Álvaro Longoria e Javier Bardem pretendem abordar o problema da ex-colónia espanhola de um ponto de vista político e humano, para isso estão a recolher testemunhos de especialistas de França, Espanha, Estados Unidos da América, Argélia e Saara.

Javier Bardem é o porta-voz da plataforma "Todos com o Saara", que pede uma "solução pacifica e justa" para o problema dos sarauis, cujo território ainda não foi reconhecido por nenhum país como parte de Marrocos.

Esta plataforma, que pede o reconhecimento por parte do estado espanhol do estatuto diplomático da Frente Polissário, entregou em Novembro no Palácio da Moncloa, em Madrid, 230 mil assinaturas, entre as quais figuravam nomes de artistas como Penélope Cruz, Joan Manuel Serrat e Pedro Almodóvar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG