Putin sofre de síndroma de Asperger? "É uma estupidez"

O porta-voz do Presidente russo rejeitou hoje, com alguma irritação, um estudo do Pentágono que alegava esta possibilidade.

O porta-voz do Presidente da Federação Russa rejeitou hoje, com alguma irritação, um estudo do Pentágono que alegava a possibilidade de Vladimir Putin sofre da síndroma de Asperger, uma forma de autismo.

"Essa é uma estupidez que não merece comentários", disse Dmitry Peskov, em declarações reproduzidas no sítio noticioso Gazeta.ru.

Esta reação ocorreu depois de o jornal norte-americano USA Today ter noticiado a existência de um estudo do Pentágono que sugere que Putin padeça da síndroma de Asperger.

A análise dos seus movimentos e das suas expressões faciais em gravações vídeo levou à teorização do desenvolvimento neurológico de Putin ter sido interrompido na infância, o que lhe causou um desequilíbrio físico e um desconforto com a interação social.

O Pentágono já minimizou o estudo, pormenorizando que não terá chegado ao conhecimento do secretário da Defesa ou de outros dirigentes de topo.

Ler mais

Exclusivos