Problema informático parou Bolsa de Nova Iorque e deixou aviões em terra

(ATUALIZADA) O site do Wall Street Journal também esteve em baixo. Departamento de Segurança Interna dos EUA afirma não haver sinais de "atividade nefasta".

A Bolsa de Nova Iorque suspendeu os trabalhos devido a problemas técnicos informáticos. "Estamos atualmente com problemas técnicos e estamos a trabalhar para os resolver rapidamente", salientou um porta-voz da Bolsa, citado pela BBC. No entanto, já foi dada garantida, através do Twitter, que não houve um ataque informático.

A atividade do mercado de capitais foi normalizada pelas 21:00 (hora de Lisboa).

"Está controlado. Estamos só à espera para recomeçar. Não há sinais de pânico", explicou à Reuters Mark Otto da empresa J. Streicher & Co, que se encontra na Bolsa de Nova Iorque.

Esta paragem aconteceu depois da United Airlines ter sido obrigada a suspender 3500 voos também devido a um problema informático.

O site do Wall Street Journal também sofreu alguns problemas, como foi confirmado no Facebook, depois de alguns leitores terem comentado que não conseguiam aceder à página.

Jeh Johnson, do departamento de Segurança Interna dos EUA afirma que os problemas técnicos sofridos pela Bolsa e pela United Airlines não estão relacionadas com atividades nefastas, segundo avança a Reuters. "Sabemos menos do Wall Street Journal, exceto que o sistema já está a funcionar novamente", acrescentou.

(Notícia atualizada às 21.13)

Exclusivos