OMS anuncia perto de sete mil mortos pelo vírus do ébola

Número de infetados ascende a mais de 16 mil, continuando a ser a Libéria o país com mais casos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou hoje em Genebra que o número de mortos pelo vírus do ébola se eleva a 6.928, enquanto o total de infetados ascende a 16.169, numa referência aos últimos dados disponíveis.

A OMS também referiu que vai deixar de emitir os dois relatórios completos divulgados duas vezes por semana (quarta e sexta-feira), e passará a publicar dados com regularidade mas sem compromisso de datas.

Os dados hoje anunciados apenas disponibilizam uma informação estatística dos três países mais afetados pela epidemia (Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa), e não é emitida qualquer avaliação da situação.

A Libéria é o país com maior número de contágios (7.244) e um total de 4.181 mortes. Segue-se a Serra Leoa, com 6.802 contágios e 1.463 falecidos. Na Guiné-Conacri, o total de infeções é de 2.123 e o número de óbitos eleva-se a 1.284.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.