Miliband contra lei do século XVIII que protege os mais ricos

Labour promete acabar com lacuna na lei que permite não pagar impostos no Reino Unido sobre dinheiro ganho no estrangeiro.

A lei data do século XVIII - quando foi criada para proteger britânicos com interesses nas colónias de um imposto criado no Reino Unido para financiar a guerra contra Napoleão. Mas até agora nenhum governo a aboliu, por receio de afugentar do país ricos empresários estrangeiros. Essa realidade pode mudar já a partir de abril de 2016, se os trabalhistas de Ed Miliband vencerem as eleições de dia 7 de maio. Afinal, o líder do Labour prometeu ontem acabar com uma lacuna na lei de que beneficiam os os mais ricos em relação ao dinheiro que ganham no estrangeiro.

Esta mudança iria afetar cerca de 116 mil pessoas que vivem no Reino Unido mas não são obrigadas a pagar impostos no país em relação ao dinheiro que ganham no estrangeiro, a menos que levem esse rendimento para lá - ao abrigo da lei conhecida como non-dom, ou "sem domicílio".

A menos de um mês das eleições e com as sondagens a dar os trabalhistas praticamente empatados com os conservadores do primeiro-ministro David Cameron, Miliband tenta com esta promessa conquistar os eleitores indignados com o que veem como uma forma de evasão fiscal.

Leia mais na edição impressa ou no epaper do DN

Ler mais

Exclusivos