Louvre reabre com reforço policial

Depois dos protestos realizados pelos seguranças do Louvre, levando ontem ao encerramento do museu, aquele que é um dos museus mais visitados da Europa volta a abrir, com um maior reforço policial.

Os seguranças queixaram-se aos sindicatos que "são cada vez mais agredidos e ameaçados, espancados e insultados por grupos de carteiristas cada vez mais jovens, que roubam os visitantes..."

Segundo a AFP, o museu francês, com entrada grátis para os menores de 26 anos, é cada vez mais frequentado pelos jovens. E os assaltos a visitantes e funcionários têm-se multiplicado.

De acordo com os sindicatos, a direção do museu do Louvre prometeu tomar medidas para resolver a situação.

Além do reforço policial, a entrada será proibida a pessoas consideradas suspeitas pelos seguranças do museu parisiense.

Ler mais

Exclusivos