Lib-Dem elegem vocalista de banda rock para líder

O novo dirigente do partido anunciou 17 mil novas adesões desde maio.

Os Liberais-Democratas (Lib-Dem) britânicos elegeram ontem um novo dirigente, escolha que recaiu sobre Tim Farron, de 45 anos, que derrotou em eleições internas um único oponente, Norman Lamb, ministro do governo de coligação com os conservadores, por 56,5% dos votos contra 43,5%.

Na sua primeira intervenção após ser eleito, realizada ainda ontem numa sessão em que também participou Lamb, Farron garantiu que os Lib-Dem, que tiveram uma derrota histórica nas legislativas de maio, vão ser oposição vigorosa e irão desfazer os mitos da governação de David Cameron. E deu como exemplo de que a mensagem do partido está a passar o facto de terem aderido mais 17 mil militantes desde maio, um "fenómeno", disse Farron, que se recusou a integrar o executivo de coligação com o partido de Cameron.

Leia mais no epaper ou na edição impressa do DN

Ler mais

Exclusivos