Bill Gates defende um "exército" de médicos pronto para uma futura epidemia

"A NATO faz jogos de guerra para verificar se os militares estão bem preparados. Agora precisamos de jogos de germes", salientou o magnata.

Bill Gates, cofundador da Microsoft, foi um dos oradores nas conferências do evento da fundação TED (Tecnologia, Entertenimento e Design) e afirmou aos delegados que o mundo deve estar preparado para a próxima grande crise relativa de saúde.

Bill Gates acrescentou, segundo a BBC, que o vírus Ébola está agora sob controlo, mas que para a próxima "podemos não ter tanta sorte". Afirmou ainda que já existe tecnologia suficiente que ajude a conter a propagação de um vírus.

Durante o seu discurso, o magnata idealizou uma reserva se médicos semelhantes às do exército, aos quais se podem alistar civis: "A NATO faz jogos de guerra para verificar se os militares estão bem preparados. Agora precisamos de jogos de germes." Disse ainda que a tecnologia pode ter um papel fundamental na prevenção da propagação de um vírus.

Os cidadãos podem facilmente alertar onde a doença surge, através dos telemóveis, e o mapeamento por satélite pode facilmente conferir as áreas nas quais o problema existe. Também os avanços na biologia têm diminuído o tempo que demora a a desenvolver vacinas para novos vírus.

Durante a crise do vírus Ébola, empresas de tecnologia como a International Business Machines (IBM) contribuíram com sistemas de localização que permitiam às autoridades criar mapas detalhados a partir de mensagens de cidadãos.

Bill Gates fundou também, em conjunto com a sua mulher Melinda French Gates, a Fundação Gates que já contribui com milhões para ajudar a resolver problemas relativos à pobreza e à saúde. Durante a crise do Vírus Ébola, a fundação enviou fatos de proteção para ajudar os médicos e enfermeiros a manterem-se seguros.

Durante a conferência do evento TED 2015, Bill Gates afirmou ainda que é necessária a construção de sistemas e infraestruturas de saúde de qualidade nos países mais pobres. "Se houve alguma coisa boa na crise do vírus Ébola é que a epidemia foi tratada como um aviso", salientou.

A fundação TED é uma fundação privada sem fins lucrativos dos Estados Unidos da América, conhecida pelas suas ideias inovadoras expostas em conferências.

Exclusivos