Antigo diretor da CIA diz que tortura é boa se salvar vidas

Londres pediu para serem retiradas referências aos seus serviços secretos - algo a que senadores dos EUA terão acedido.

"Se a simulação de afogamento representasse a oportunidade de salvar milhares de vidas americanas e, também dos nossos aliados, se eu a usaria? A resposta é: sim!". A frase é de James Woolsey e foi ontem proferida numa entrevista à BBC rádio. Chefe da CIA entre 1993 e 1995, sob a presidência de Bill Clinton, Woolsey justificou o recurso à prática após o 11 de setembro de 2001 pela "tremenda necessidade de se obter informações que era sentida nos EUA e noutras partes do mundo".

Leia mais no epaper ou na edição impressa do DN

Ler mais

Exclusivos