Hillary quer que o Supremo Tribunal legalize o casamento gay a nível nacional

A agora oficialmente candidata à Casa Branca defende que o casamento entre homossexuais é um direito constitucional.

"Hillary Clinton defende igualdade de direitos no casamento e espera que o Supremo Tribunal decida no sentido de os casais do mesmo sexo verem este direito constitucional ser-lhes garantido". Com esta frase, a porta-voz da campanha Adrienne Elrod esclareceu hoje todas as dúvidas sobre a posição da candidata presidencial relativamente ao "casamento gay".

Este apoio já era de alguma forma esperado. No vídeo de campanha de Hillary divulgado no domingo, surge um casal homossexual a falar de casamento (algo que levou os russos a classificarem-no "para maiores de 18 anos").

Agora, após ter sido questionada sobre o assunto, a porta-voz esclareceu ao site Washington Blade a questão. Resta saber qual a reação dos eleitores a esta posição.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG