Felipe VI pede que se corte pela raiz o mal da corrupção na sua mensagem de Natal

"Devemos cortar pela raiz e sem contemplações a corrupção", disse Felipe VI na sua primeira mensagem de Natal como Rei de Espanha.

O monarca fez estas declarações numa altura em que a sua irmã e o seu cunhado, a infanta Cristina e Iñaki Urdangarin, respetivamente, estão a ser acusados de corrupção pela justiça espanhola no âmbito do chamado caso Nóos.

"Os cidadãos devem estar seguros de que o dinheiro público é gerido para os fins legalmente previstos, que não existem tratamentos preferenciais apenas porque alguém ocupa um cargo público e que desempenhar um cargo público não seja um meio para se aproveitar ou para se enriquecer", declarou o Rei, na tradicional mensagem de Natal feita a partir do Palácio da Zarzuela.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG