Falha no sistema informático cancela, só hoje, 38 voos em Heatrow

O aeroporto londrino de Heatrow, o de maior tráfego na Europa, cancelou hoje 38 voos, devido à falha, na sexta-feira, no sistema informático no centro de controlo aéreo de Inglaterra, que provocou graves transtornos nos terminais aéreos.

O Serviço Nacional de Tráfego Aéreo britânico (NATS) informou hoje que o sistema já está operacional, mas haverá atrasos em alguns aeroportos até que a situação volte à normalidade, na totalidade.

Outros aeroportos, como o londrino de Gatwick, pediram hoje aos passageiros que entrem em contacto com as companhias em que iam voar, para se informarem da sua situação.

Milhares de passageiros foram sexta-feira afetados por cancelamentos e atrasos nos voos, em todo o Reino Unido - Escócia, País de Gales, Irlanda do Norte e Inglaterra -, devido a uma falha no sistema informático no centro de controlo no sul de Inglaterra.

Segundo a Efe, registaram-se atrasos de mais de uma horas nas aterragens e descolagens de aviões em Londres e no sul de Inglaterra, até cerca das 16:15 locais de sexta-feira, devido a uma falha informática, que está a ser investigada pelo NATS.

Apesar do sistema ter sido restabelecido, "levará o seu tempo para que as operações aéreas no Reino Unido recuperem plenamente, pelo que os passageiros devem contactar as companhias para obterem informações", afirma a NATS em comunicado, no qual apresenta também desculpas pelos trastornos causados.

O ministro dos Transportes do Reino Unido, Patrick McLoughlin, qualificou o problema de "inaceitável" e considerou que qualquer alteração no sistema de aviação do país é "um assunto de grande preocupação, especialmente nesta época do ano".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG