Exército castiga soldados que fizeram o 'Harlem Shake'

(COM VÍDEO) O exército israelita castigou dois dos seus soldados, responsáveis pela realização e divulgação de um vídeo com o 'Harlem Shake'.

O Tzahal, exército de Israel, é muito ativo nas redes sociais, como o Twitter e o Facebook, porém os seus responsáveis não ficaram nada satisfeitos ao ver publicado um vídeo do 'Harlem Shake' protagonizado pelos soldados que, inclusivamente, utilizaram um tanque como adereço do filme.

Veja o vídeo realizado pelos soldados israelitas:

Para o exército, trata-se de "um grave ato de indisciplina". O soldado Daniel Mualem foi condenado 14 dias de prisão por ter filmado o 'Harlem Shake'. E a um outro oficial, que a seu pedido perimitiu ou pelo menos não evitou o "espetáculo", foi aplicada uma pena de 21 dias de prisão.

"Israel é uma democracia e não podemos nem queremos proibir ninguém de usar os seus telefones e dispositivos eletrónicos, mas quando um jovem está sujeito à disciplina militar deve acatar algumas ordens e regras de comportamento", explicou em comunicado o oficial Avital Leibovich. Neste caso, os responsáveis estão preocupados com a imagem do exéricito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG