Ex-presidente da Libéria transferido para prisão britânica

O ex-presidente da Libéria Charles Taylor, condenado a 50 anos de prisão por crimes contra a humanidade no Tribunal Especial para a Serra Leoa, em Haia, foi ontem transferido para uma prisão britânica, onde deverá cumprir a pena.

"Charles Ghankay Taylor foi transferido hoje da Holanda e do Tribunal especial para o Reino Unido onde cumprirá o resto da sua pena de 50 anos por crimes de guerra e crimes contra a humanidade", indicou o tribunal num comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG