Vitali Klitschko anuncia candidatura à presidência

O ex-campeão mundial de boxe e dirigente da oposição na Ucrânia Vitali Klitschko anunciou hoje que será candidato às presidenciais antecipadas de 25 de maio. Por seu lado, o parlamento ucraniano apelou ao Tribunal Penal Internacional que detenha Viktor Ianoukovitch.

"Serei candidato às presidenciais. Estou convencido que é que preciso mudar completamente os princípios e as regras do jogo na Ucrânia, restabelecer a justiça", disse a jornalistas no parlamento.

Vitali Klitschko, ex-campeão mundial de pesos pesados, envolveu-se na política em 2005 e lidera há dois anos um dos três partidos da oposição ucraniana com representação parlamentar.

Entretanto, o parlamento ucraniano apelou ao Tribunal Penal Internacional de Haia que emita um mandado de prisão internacional para o presidente deposto Viktor Ianoukovitch, depois do banho de sangue em Kiev que fez 82 mortos na semana passada.

"Apelamos ao Tribunal Penal Internacional que acuse os responsáveis por crimes contra a humanidade (...) e inicie uma perseguição a Viktor Ianoukovitch e a outros altos responsáveis que ordenaram ou executaram as ordens criminosas", segundo uma resolução aprovada por larga maioria no parlamento ucraniano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG