Universidade suspende estudante por interromper ministro

Centenas de pessoas participaram hoje num protesto contra a suspensão de um estudante pela Universidade de Cambridge por ter interrompido um ministro com a leitura de um poema, noticia a AP.

O estudante Owen Holland foi suspenso esta semana por dois anos e meio, até outubro de 2014, pelo tribunal universitário de disciplina, por ter interrompido, em novembro, um discurso do ministro das Universidades, David Willetts, com a leitura de um poema intitulado "Go Home, David" ["Vai para casa, David"].

Antes da decisão da suspensão, dezenas de professores e estudantes escreveram uma carta em que diziam que também tinham participado no protesto de Willetts e reclamavam a aplicação do mesmo castigo.

A Associação de Estudantes da Universidade de Cambridge disse que 500 pessoas participaram hoje na manifestação contra a suspensão.

As universidades britânicas têm assistido a um aumento acentuado dos protestos desde que o Governo triplicou as propinas anuais para nove mil libras (11 mil euros).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG