Ucraniano tenta desviar avião turco para Sochi

Um avião da companhia turca Pegasus que partiu de Kharkov, na Ucrânia, foi obrigado a aterrar pela Força Aérea turca em Istambul após um passageiro ucraniano ter tentado desviar o aparelho para Sochi, na Rússia. Alegado pirata do ar foi detido pelas autoridades.

De acordo com as informações não confirmadas dos media turcos, o passageiro ucraniano terá ameaçado fazer explodir uma bomba se o avião, com 110 passageiros a bordo, não seguisse para Sochi, onde decorre hoje a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno.

O passageiro terá ainda tentado forçar a porta que separa o cockpit da cabina, segundo as mesmas fontes.

Depois de o piloto ter dado o alerta, a Força Aérea turca enviou um caça F16, que escoltou o aparelho da companhia aérea Pegasus até Istambul.

O avião aterrou ao final da tarde no aeroporto Sabiha Gocken, na parte asiática da metrópole turca, sendo imediatamente rodedo pelas autoridades.

A unidade de intervenção da polícia antiterrorista turca entrou no avião e deteve o alegado pirata do ar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG