Ucrânia suspende combates por um dia no Leste

O exército ucraniano anunciou a suspensão, por um dia, da ofensiva contra os separatistas pró-russos no leste, para que os peritos internacionais possam chegar ao local da queda do voo malaio MH17.

"Hoje vai estar em vigor um cessar-fogo a pedido de [o secretário-geral da ONU] Ban Ki-moon. O estado-maior da operação antiterrorista decidiu decretar 'um dia de silêncio' e a suspensão dos combates", declarou Oleksii Dmytrachkivski, porta-voz das forças ucranianas.

O objetivo da suspensão dos combates é garantir o acesso dos peritos internacionais ao local do acidente, a cerca de 60 quilómetros da cidade de Donetsk.

Todas as tentativas da equipa de peritos internacionais para chegar ao local da queda do voo MH17 têm fracassado devido aos intensos combates na zona entre as tropas governamentais e os rebeldes pró-russos.

A 17 de julho, o voo MH17 da Malaysia Airlines, que ligava Amesterdão a Kuala Lumpur, foi abatido quando sobrevoava território ucraniano controlado pelos rebeldes. Das 298 pessoas que seguiam a bordo, 193 eram holandeses.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG