Tesouro encontrado em comboio de Paris ainda sem dono

O revisor de um comboio regional nos arredores de Paris encontrou, nas vésperas de Ano Novo, um mala que, uma vez aberta, revelou conter 20 kg de lingotes de ouro - pequena fortuna que ninguém reclamou e o Estado francês se prepara para "herdar".

O revisor não ganhou para o susto quando descobriu uma mala no fundo de uma carruagem de um comboio na estação de Massy-Palaiseau, arredores de Paris. Receando tratar-se de uma mala armadilhada, o funcionário chamou a polícia que enviou a brigada de minas e armadilhas.

Aberta a mala azul, a brigada - e o revisor - tiveram uma agradável surpresa ao depararem com um pequeno tesouro: 20 kg em lingotes de ouro, ou seja, cerca de 800 mil euros.

A polícia referiu que tanto a mala como os lingotes estão a ser analisados - "para saber se são de facto de ouro" - enquanto aguardam o aparecimento do proprietário, ainda desconhecido.

O facto de ninguém ter reclamado o "tesouro" está a levantar algumas questões, ao mesmo tempo que as autoridades colocam a hipótese de os cofres do Estado poderem ser receber a pequena fortuna.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG