Site da 'Charlie Hebdo' atacado por piratas informáticos

O site da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi hoje atacado por piratas informáticos, um dia depois de ter publicado uma biografia em banda desenhada de Maomé, informou uma fonte da redação citada por agências internacionais.

Os piratas informáticos sobrecarregaram o servidor em que está alojada a página, provocando uma espécie de "engarrafamento" no tráfego internet que impede os internautas de aceder ao 'site', segundo a fonte.

O ataque está "provavelmente" relacionado com a publicação da edição especial, acrescentou.

A revista já tinha sido alvo em setembro passado de um ataque com uma bomba incendiária contra as suas instalações e de ataques informáticos devido à publicação de caricaturas do profeta do Islão.

Na quarta-feira, a Charlie Hebdo anunciou a publicação de uma biografia de Maomé, com texto baseado numa investigação de um sociólogo franco-tunisino e desenhos de Stephane Charbonnier, editor da revista.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG