Salmond anuncia que se demite após vitória do "Não"

Após a vitória do "Não" no referendo da Escócia, Alex Salmond confirmou que se demitirá do cargo de primeiro-ministro escocês em novembro.

"Disse ao secretariado nacional do Partido Nacionalista Escocês (SNP) que não me apresentarei à liderança do partido na conferência anual" de 13 e 15 de novembro, e "que me demitirei do cargo de primeiro-ministro", disse, em Edimburgo, durante uma conferência de imprensa realizada esta tarde.

Salmond, que liderou a campanha do "Sim" à independência da Escócia, afirmou ainda que "para a Escócia a campanha continua e o sonho nunca deve morrer". O líder do SNP, que viu o seu partido conseguir maioria absoluta no Parlamento escocês em 2011, tinha já tentado, sem sucesso, organizar este referendo em 2007.

Apostou tudo nesta consulta popular e, antes da votação de ontem, tinha admitido que não voltaria a haver um novo referendo sobre a independência "durante uma geração". A sua mais provável sucessora, na liderança do SNP e do governo escocês será, segundo os media britânicos, Nicola Sturgeon, atual vice-primeira-ministra da Escócia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG