Rússia suspente importação de carnes da Alemanha e EUA

O Serviço Federal de Veterinária e Fitossanitária (Rosselkhoznadzor) da Rússia proibiu a partir de hoje a importação de carne refrigerada dos Estados Unidos e da Alemanha devido ao não cumprimento das normas pelas empresas exportadoras desses países.

As limitações à importação de carne dos Estados Unidos estão ligadas ao facto de a parte norte-americana, não obstante os insistentes pedidos dos respetivos serviços russos, não ter informado sobre as medidas para impedir o envio para a Rússia de carne produzida com a utilização de ractopamina (o estimulador do crescimento da carne), lê-se num comunicado publicado pelo Rosselkhoznadzor.

Além disso, as autoridades russas acrescentam não terem recebido informação de que, durante a produção de derivados de carne, foi utilizada matéria-prima apenas de empresas que têm direito a vender para a Rússia.

A partir de 11 de fevereiro, o mercado russo fecha também as portas à carne congelada proveniente da Alemanha.

O Rosselkhoznadzor proibiu também a importação de carne de aves, vaca e porco congeladas devido ao vírus de Schmallenberg.

A Comissão Europeia considera, baseando-se num parecer do "European Centre of Prevention and Disease and Control (ECDC)", que é pouco provável que este vírus possa infetar seres humanos, mas Moscovo não ficou convencido com as garantias dadas pelos serviços veterinários alemães.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG