Rompuy felicita o novo primeiro-ministro de Itália

O presidente do Conselho Europeu Herman Van Rompuy "felicitou calorosamente" Enrico Letta, novo chefe do governo de coligação italiano, que encorajou a prosseguir as reformas iniciadas por Mario Monti.

"Felicito calorosamente o primeiro-ministro Enrico Letta pela formação do novo governo. Estou certo de que vai saber dirigir com grande influência no sentido de assegurar a estabilidade política em Itália", disse hoje Van Rompuy em comunicado.

"Letta e o seu governo terão o total apoio de todas as instituições da União Europeia na procura das reformas que a Itália leva a cabo, necessárias para o crescimento, criação de emprego e finanças públicas sãs", acrescenta Van Rompuy no mesmo comunicado em que elogia o anterior primeiro-ministro Mario Monti, ex-comissário europeu.

Monti foi fortemente sancionado nas urnas pelas medidas de austeridade aplicadas pelo anterior governo de Roma.

Com a formação do governo de Letta chega ao fim a crise a política em Itália e que se prolongou durante quase dois meses.

Encarregado de formar governo na quarta-feira pelo presidente Giorgio Napolitano e após aceitar a função oficialmente no sábado, o cristão democrata de esquerda Enrico Letta tomou posse no palácio presidencial do Quirinal, seguido dos seus 21 ministros.

Aos 46 anos, Letta será um dos mais jovens primeiros-ministros da União Europeia.

Letta deverá apresentar o seu programa numa sessão parlamentar na segunda-feira e um dia depois o seu governo sujeita-se a um voto de confiança no parlamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG