Rei Juan Carlos e o filho cortam os próprios salários

O Rei Juan Carlos de Espanha decidiu reduzir o seu salário em 7,1%, o que equivale a menos 20 mil euros por ano. O príncipe Felipe das Astúrias também reduziu o seu salário na mesma percentagem, o que equivale a cerca de 10 mil euros por ano. Os cortes equivalem também aos subsídios de Natal, que também vão ser retirados aos funcionários públicos, noticiaram os media espanhóis.

A decisão foi tomada por iniciativa própria e estende-se também aos gastos de representação dos restantes membros da família real, aos quais estavam destinados 315 000 euros, valor que desce para 192 625 euros anuais.

No ano passado, o Rei recebeu 140 519 euros anuais em salários e 152 233 euros em despesas. O príncipe das Astúrias recebeu metade do que o seu pai. Felipe de Bourbón recebeu um salário de 70 259 euros anuais e 76 117 euros em despesas.

Ambos os valores são brutos e estão ainda sujeitos a uma retenção na fonte de 45% no caso do Rei e 39% no caso do príncipe. O valor distribuído à Rainha Sofia, à princesa Letizia das Astúrias e às princesas Elena e Cristina para despesas de representação no ano passado ascendeu os 375 mil euros. Este ano, esse valor foi reduzido para 292 625 euros, segundo os valores hoje citados pelo ABC.

O mesmo diário espanhol lembra que o orçamento da Casa Real para 2012 é de cerca de 8,2 milhões de euros, menos 2% do que em 2011, sublinha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG