PSOE elege líder por 'consulta não vinculante' dia 13

A Comissão Executiva Federal do PSOE decidiu hoje realizar uma "consulta não vinculante" aos militantes do partido espanhol, a 13 de julho, para eleger o novo secretário-geral, segundo informaram fontes socialistas.

As mesmas fontes explicaram que a decisão foi tomada na reunião de hoje, numa altura de profundo debate no seio dos socialistas sobre o modelo a adotar para escolher o sucessor de Alfredo Pérez Rubalcaba que, depois das eleições europeias, anunciou a realização de um congresso extraordinário.

Esse congresso, inicialmente marcado para 19 e 20 de julho, foi hoje adiado para 26 e 27 de julho.

Os candidatos ao cargo terão que reunir pelo menos 5 por cento de avais de militantes (cerca de 10 mil).

O PSOE registou nas europeias o seu pior resultado eleitoral de sempre.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG