Príncipe Carlos condecora artista travesti

O artista plástico Grayson Perry fez a vontade aos fãs e vestiu-se de mulher para ir receber uma distinção das mãos do herdeiro do trono britânico.

Grayson Perry tornou-se hoje Comandante da Ordem do Império Britânico (CBE, na sigla em inglês) numa cerimónia que decorreu no Palácio de Buckingham, em Londres. O artista plástico, que se distingue pelos seus trabalhos em cerâmica, viu reconhecidos os seus serviços pela arte contemporânea, tendo recebido a distinção das mãos do príncipe Carlos.

Grayson Perry, já conhecido dos ingleses pelo seu alter-ego, Claire, fez a vontade aos fãs e surgiu vestido de mulher. Mas, ao contrário do que fez noutras ocasiões, em que apareceu com um visual de boneca, desta vez escolheu um estilo que descreveu como o da "mãe de uma noiva italiana".

"Quando recebi o telefonema [acerca da distinção] o meu primeiro pensamento foi sobre o que haveria de vestir", contou, citado pela BBC. Assim, fez uma pesquisa na Internet para perceber o que é que é habitual usar neste género de cerimónias e optou "pela mais sexy". O jornal espanhol El Mundo considera que o artista se travestiu de Camila Parker Bowls, mulher do príncipe Carlos.

Fonte do Palácio de Buckingham referiu à BBC que a escolha foi a "adequada".

Grayson Perry é casado e tem uma filha.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG