PR interino ordena retomada de operação "antiterrorista"

O Presidente ucraniano interino, Oleksandr Turchynov, ordenou hoje a retomada da operação "antiterrorista" lançada contra os separatistas da região leste da Ucrânia, após a descoberta de dois corpos com sinais de "tortura".

"Exijo às forças de segurança a retomada (...) das operações antiterroristas, destinadas a defender dos terroristas os cidadãos ucranianos, que vivem no leste da Ucrânia", indicou Turchynov, num comunicado.

O Presidente ucraniano interino explicou que tomou a decisão de reiniciar a operação depois da descoberta de dois corpos com sinais de "tortura".

Um dos corpos pertence alegadamente a um representante local do partido pró-ocidental Batkivschina (Pátria), força partidária da ex-primeira-ministra ucraniana Iulia Timoshenko e do próprio Turchynov.

Volodymyr Rybak, um conselheiro da cidade de Gorlivka, "tinha sido sequestrado recentemente pelos terroristas", indicou Turchynov.

Segundo o governante, os corpos foram hoje encontrados em Slavyansk, cidade controlada por ativistas separatistas.

O governo de Kiev tinha ordenado a suspensão da operação "antiterrorista" antes do período da Páscoa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG