Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes

A polícia grega disparou gás lacrimogéneo diante do Parlamento em Atenas cerca das 10:30 (11:30 em Lisboa) para dispersar os manifestantes concentrados no local, quando os deputados estão prestes a votar um rigoroso plano de austeridade.

A polícia anti-motim tentava impedir que algumas barreiras fossem derrubadas pelos manifestantes, que responderam atirando garrafas e lixo.

O Parlamento grego começa hoje a votar um impopular novo pacote de medidas de austeridade, sendo a votação encarada como decisiva para o futuro financeiro do país e da própria zona euro.

Os deputados irão pronunciar-se hoje à tarde sobre o novo plano, que prevê cortes avaliados em 28,4 mil milhões de euros até 2015, e privatizações para angariar 50 mil milhões de euros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG