Polémico site do Senado é facilmente pirateado

O site foi hoje apresentado e custou mais de 400 mil euros. ABC revela que qualquer um piratear e apanhou já mensagens que foram deixadas com um tamanho de letra grande.

O custo do novo site do Senado espanhol (437 691 euros) provocou alguma revolta em Espanha. Hoje foi oficialmente apresentado e, segundo o jornal ABC, não foi difícil ser pirateado. Porém, não se tratou de um ataque propositado. O ABC explica que qualquer um consegue deixar mensagens com um tamanho de letras grandes.

O jornal explica que para tal bastava escrever o endereço http://www.senado.es/web/composicionorganizacion/senadores/composicionsenado/senadoresenactivo/consultaordenalfabetico/index.html?id= seguido das palavras que se queria deixar separadas por +.

Em determinado momento o site chegou a estar em baixo, mas não foi confirmado se tal aconteceu por muitas pessoas tentarem aceder ou se o servidor não estaria a funcionar propositadamente.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG