Petro Poroshenko evita encontro com Vladimir Putin

O presidente ucraniano vai falhar a presença na final do Mundial de futebol, esta noite, no estádio do Maracanã, Brasil, inviabilizando uma eventual conversa com o presidente russo, Vladimir Putin.

"Tendo em conta a situação que prevalece hoje na Ucrânia, o presidente considera que é impossível assistir à final do Campeonato do Mundo", dizia um comunicado emitido ontem à noite.

Petro Poroshenko havia confirmado na quinta-feira que estaria no estádio, onde outros líderes mundiais, entre eles Vladimir Putin, também iriam assistir ao jogo. Previa-se aliás, que ambos se sentassem à mesma mesa num almoço que a presidente brasileira Dilma Rousseff ofereceu aos chefes de Estado que estiveram na final do Mundial, entre eles Angela Merkel.

Antecipava-se, por isso, uma eventual conversa entre os presidente ucraniano e e russo acerca do conflito na Ucrânia entre as forças governamentais e os separatistas pró-russos do leste.

Poroshenko e Putin tiveram um encontro fugaz em junho, nas comemorações dos 70 anos do desembarque da Normandia. A reunião, de cerca de 15 minutos, foi mediada pela chanceler alemã Angela Merkel.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG