Pedro Sánchez eleito secretário-geral do PSOE

Pedro Sánchez, economista e deputado, foi hoje eleito pelos militantes socialistas espanhóis para secretário-geral do PSOE, noticiam os media espanhóis, quando estão escrutinados 96,38% dos votos.

Sánchez, economista, madrileno, de 42 anos, menos 20 do que o secretário-geral demissionário Alfredo Pérez Rubalcaba, surge com 48,66%. Em segundo lugar aparece Eduardo Madina, deputado, basco, de 38 anos, com 36,13%. E em terceiro José Antonio Perez Tapias, escritor e professor, andaluz, de 59 anos, com 15,21%.

O resultado desta eleição, em que podiam participar apenas os militantes, deverá ser agora ratificado pelo Congresso extraordinário do partido, que decorre em Madrid entre os dias 26 e 27 de julho.

O PSOE tem 135 anos de existência e cerca de 198 mil militantes. Rubalcaba demitiu-se após o mau resultado registado pelos socialistas espanhóis nas eleições europeias de maio passado.

Exclusivos