Papa nomeia conselho de cardeais e lança reforma

O Papa Francisco constituiu um grupo de oito cardeais de todos os continentes para "o aconselhar no Governo da Igreja" e estudar um projeto de reforma da Constituição da Cúria, anunciou o Vaticano.

Eleito há um mês, o antigo cardeal Jorge Bergoglio foi escolhido pelo Conclave com a missão, entre outras, de renovar o Governo da Igreja, atingido por vários escândalos, e acentuar a colegialidade.

Neste anúncio feito através de um breve comunicado da secretaria de Estado, o Papa lança a reforma da Igreja. Até agora, Francisco mantivera a discrição sobre estes assuntos, limitando-se a pregar por uma igreja mais misericordiosa, pobre e missionária.

Os cardeais nomeados são dois europeus (um italiano e um alemão), dois latino-americanos (um chileno e um das Honduras), um norte-americano, um asiático (indiano), um africano (República Democrática do Congo) e um australiano. Os oito conselheiros terão de trabalhar para a revisão da Constituição apostólica Pastor bonus sobre a Cúria Romana.

O primeiro encontro do conselho está marcada para os dias 1 a 3 de outubro, segundo o Vaticano, que indicou em comunicado que o Papa está sempre em contacto com estes cardeais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG