Padre polaco condenado por abuso sexual de menores

Um padre de 49 anos foi hoje condenado a oito anos e meio de prisão por abuso sexual de cinco rapazes com menos de 15 anos.

Slawomir S., padre da paróquia de Szczuki, na região de Rawa Mazowiecka, no centro da Polónia, foi detido em abril de 2012, após queixa de uma das vítimas. Ao longo da investigação, o número de queixas foi aumentando.

O padre foi condenado a oito anos e meio de prisão, ficou proibido de exercer qualquer trabalho educativo com menores e de contactar com as cinco vítimas.

O tribunal considerou provado que o padre pagava pequenas somas às suas vítimas em troca de pequenos trabalhos, pagava-lhe ainda o telemóvel ou emprestava-lhes dinheiro. Tudo para as aliciar.

Slawomir S. deu-se como inocente durante o julgamento, que decorreu à porta fechada. Várias dezenas de paroquianos juntaram-se frente ao tribunal para defender o padre, que acreditam ser inocente.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG