"O mundo está a cometer suicídio em larga escala"

(COM VÍDEO) A humanidade está prestes a "cometer suicídio em larga escala" a menos que rápidos progressos sejam feitos no campo ambiental, alertou hoje o príncipe Carlos

Numa linguagem forte, o príncipe afirmou que o planeta estará condenado a um "futuro imaginável" se os problemas com as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera, uso intensivo de pesticidas nas quintas e a escassez de recursos naturais não forem combatidos. Carlos de Gales afirma ainda que os seus medos pelo ambiente foram confirmados por provas científicas.

Os comentários surgiram num discurso em vídeo, como forma de aceitação do prémio carreira dos International Green Awards, em Londres. Segundo o príncipe, os combustíveis fosseis e as reservas de água estão sobre pressão, enquanto que vastas quantidades de dióxido de carbono são lançadas para a atmosfera. "A humanidade e a terra vão começar a sofrer as consequências cruéis", afirmou. "É um ato de suicídio em larga escala (...) Quando mais tempo continuarmos a ignorar e a negar o que já está a acontecer, mais profundamente condenamos os nossos netos a uma existência insuportavelmente tóxica e instável", defendeu o príncipe.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG