Nana Mouskouri abdica de pensão por causa da crise

A cantora grega viveu exilada em França.

Nana Mouskouri renunciou à sua pensão de eurodeputada num gesto de solidariedade para com os cortes na despesa pública que o Governo socialista está a fazer na Grécia.

"É um dever que tenho para com a minha pátria. Vou renunciar até que o meu país saia da crise e apelo aos meus compatriotas para que contribuam conforme puderem, porque a nova ferida que o país enfrenta é muito difícil de curar", disse a cantora grega, que foi eurodeputada conservadora entre 1995 e 1999.

Mouskouri, que no passado viveu exilada em França, comunicou a sua decisão por carta ao ministro das Finanças, Giorgios Papaconstantinos, no dia 19.

A Grécia está sob forte pressão da zona euro para baixar a sua despesa e o seu défice. A primeira é da ordem dos 113%, mais do dobro permitido pelo Pacto de Estabilidade e Crescimento. Para pôr as contas públicas em dia, o Governo socialista pôs em marcha uma série de medidas de austeridade.

Estas têm levado a uma série de greves gerais e de manifestações, que, por vezes, acabam com confrontos entre jovens anarquistas e as forças policiais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG