Médicos confirmam que 'mayor' de Toronto tem tumor

Os médicos confirmaram hoje que o polémico presidente da Câmara Municipal de Toronto, Rob Ford, tem um tumor no abdómen, mas necessitam de mais tempo avaliar a gravidade.

O autarca foi internado, esta quarta-feira, num hospital da cidade com um diagnóstico de tumor.

Segundo um comunicado do Humber Hospital, "o Mayor Rob Ford foi hoje (quarta-feira) internado após dores abdominais persistentes, que duram há três meses pelo menos, e tornaram-se piores nas últimas 24 horas".

A mesma nota confirma ainda que nos exames efetuados foi-lhe "diagnosticado um tumor."

Rob Ford foi internado para que se possa "fazer uma investigação mais aprofundada para determinar um diagnóstico definitivo", conclui o comunicado.

Entretanto, o irmão de Rob, o vereador Doug Ford, chefe de campanha da recandidatura à Câmara, e o médico Rueben Devlin, presidente e diretor-geral do hospital, atualizaram o estado de saúde do autarca.

"Os médicos precisam fazer uma biópsia para determinar que tipo de tumor é, devem ainda esta semana fazer um prognóstico", referiu Devlin.

Já Doug, o irmão do mayor, encontrava-se visivelmente chateado quando abordou os jornalistas para pedir "alguma privacidade para a sua família" e não quis responder se Rob Ford ia ou não retirar a recandidatura à presidência da câmara.

Os habitantes de Toronto, a quarta maior cidade da América do Norte, capital financeira do Canadá, vão a votos no dia 27 de outubro para escolher o novo elenco camarário.

Em novembro passado foi retirado a Ford uma grande parte dos poderes de presidente da autarquia na sequência de diversos escândalos relacionados com o consumo de álcool e de craca.

Além de Rob Ford, aparecem como principais candidatos à liderança da câmara a antiga deputada federal do NDP Olivia Chow e o ex-líder do partido conservador do Ontário John Tory.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG