Liechtenstein congela contas de 20 cidadãos ucranianos

O principado do Liechtenstein anunciou hoje o congelamento das contas de 20 cidadãos ucranianos, próximos do governo do deposto ex-Presidente Viktor Ianukovich, em entidades financeiras locais, informou o diário Volksblatt, no seu sítio na internet.

O Liechtenstein segue as decisões tomadas pelos seus vizinhos Suíça e Áustria, que também congelaram contas bancárias de ucranianos com responsabilidades sob o regime de Ianukovich.

O bloqueio das contas no Liechtenstein entrou em vigor às 15.00 de hoje (16:00 em Lisboa), de acordo com uma diretiva do chefe do governo local, Adrian Hasler.

Enquanto a Áustria congelou as contas de 18 ucranianos sem revelar as suas identidades, a Suíça revelou hoje uma lista com os nomes de 20 pessoas, entre as quais o próprio Ianukovich e o seu filho Aleksander.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG