Líder separatista casa-se, mas guerra não para

Arsen Pavlov não despiu o uniforme militar, mas largou as armas para se casar, ontem, em Donetsk, Ucrânia. Enquanto isso, ali perto, 30 soldados ucranianos morreram num ataque com mísseis Grad.

No registo civil, em Donetsk, estiveram vários separatistas pró-russos, incluindo o governador da cidade, Pavel Gubarev. Alguns 'snipers' espreitavam pelas janelas dos edifícios, prontos a disparar em caso de ataque.

Mesmo neste ambiente de tensão, Arsen Pavlov casou-se com a namorada, Elena Kolenkina, de vestido branco como manda a tradição.

No terreno, ali perto, pelo menos 30 soldados ucranianos morreram num ataque com mísseis Grad a um posto de fronteira na região de Lugansk.

Já hoje, os principais responsáveis das autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk foram adicionados hoje pela União Europeia à lista das personalidades ucranianas pró-russas alvo de sanções pela sua implicação no conflito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG